Céu Estrelado A Levou Ao Delírio

Céu estrelado a levou ao delírio

Meu nome é Júlio, sou médico, 1,70, um corpo normal, e o que relato em seguida aconteceu quando estava de plantão em uma Ilha no litoral de São Paulo.

Os plantões que faço no litoral, encerram-se às 18 horas e como ficam longe de casa, passo a noite em uma pousada, para seguir com o trabalho no dia seguinte. Sempre que saio da unidade de saúde, vou ao trapiche observar o pôr do sol, imperdível. Naquele dia em especial, o sol caía e produzia um sem número de cores, indo do amarelo ao vermelho com várias nuances, os raios solares escapavam entre as nuvens que se coloriam e que, junto com o som do mar, o cheiro de maresia e o calor, davam uma sensação indescritivel de prazer e alegria de viver. Enquanto me maravilhava com a linda paisagem, soltei um suspiro e falei em voz alta,” que coisa mais linda”. Uma voz ao meu lado disse, ” e como “.

Quando olhei em direção à voz, uma loira, cabelos compridos, molhados, lábios grossos, sentada, debruçada na mureta, olhando o pôr do sol e seus olhos cor de mel, refletiam a côr do final de tarde. Apresentei-me, ela virou o rosto em minha direção, seus cabelos rasparam meu braço e seu aroma me entorpeceu. Deu-me sua sedosa mão que cumprimentei com o maior prazer.

Conversamos sobre as belezas do mar, daquele belo final de tarde, observei seu corpo, belos seios, cintura fina, um quadril maravilhoso, um olhar penetrante e verdadeiro. Ela solteira, quando lhe disse ser casado, percebi uma certa frustração, que logo dissipou-se quando começamos a rir das histórias um do outro. O tempo passou e quando vimos, a noite caía. A convidei para irmos comer alguma coisa em um barzinho na beira da praia com música ao vivo. Ela topou, mas pediu para ser em uma hora, iria a sua pousada, tomar um banho e se arrumar. Fiz o mesmo e me dirigi ao barzinho aonde combinamos. Ela demorou, pedi uma cerveja e fiquei na varanda do bar, ouvindo MPB e fitando o horizonte. Sua demora me fez imaginar que havia desistido e compreendi, afinal, uma bela mulher como aquela não iria querer gastar sua noite na Ilha com um homem comprometido. Estava entretido, curtindo o som, a brisa no rosto, pensamentos longíquos quando meus olhos foram tapados com mãos sedosas. Senti o aroma, meu coração disparou, segurei suas mãos e disse seu nome, Paola. Ela soltou um risinho, desculpou o atraso que logo se justificaria. Ela estava um estouro. Os cabelos soltos, um top branco, uma saia florida até quase os joelhos, sentou-se, serviu-se de cerveja e me olhou. Um sorriso maroto me fez ousar. Segurei sua mão e lhe disse o quão linda ela estava e que temia que ela não viesse. Ela disse nem ter pensado em não vir, que me achou divertido, interessante e inteligente.

Passamos várias horas naquele barzinho, conversando, rindo, cantando, dançando quando a música permitia e em sambinha muito gostoso, segurei seu corpo junto ao meu e não pude conter a ereção, que deliciosamente roçava suas coxas, minha mão espalmada em suas costas, puxava contra mim e meu membro encaixava nela. Seus olhos denunciavam o prazer que estava sentindo, mordia os lábios, passava a lingua neles, ria, dançava, e assim ficamos até sairmos do bar.

Saímos de lá com a sensação de termos nos divertido muito, mas eu estava sentindo um gostinho de quero mais. Começamos a percorrer pelas trilhas da Ilha, em direção às pousadas, quando a convidei para ir comigo até uma praia pequena, aonde queria levá-la para ver as estrelas. Ela gostou da idéia e fomos até lá. Quando chegamos, não havia ninguém e a levei até o canto da praia, pãoximo ao mar, um local cheio de pedras grandes. Nos encostamos em uma destas pedras e paramos para olhar aquela beleza. deixei-a de costas para mim, abracei e comecei a mostrar as constelações. Meu pau endureceu e entrou em contato com suas nádegas, pressionei, ela não relutou. Minha voz embargava de tesão até que ela se virou e me beijou.

Nossas línguas se encontravam, chupei seus lábios, desci com a minha lingua em seu pescoço, seu cheiro era enlouquecedor, tirei seu top e seus seios se mostraram rijos, maravilhosos. Passei minha lingua neles, em torno dos mamilos, chupei, mordisquei. Ela soltava gemidos, desci, ergui sua saia, tirei sua calcinha e comecei a lamber suas coxas. Coloquei-a sentada na pedra, suas pernas abriram, lambi sua virilha, depois a outra, sua xana liberava um aroma de desejo, passei minha lingua em seu clítores, desci entre os grandes lábios, chupei um a um até penetrar minha lingua entre eles. Enfiei minha lingua inteira, entrando e saindo, seu corpo estremecia, sua pele arrepiava, seus gemidos viraram hurros e ela gozou em minha boca.

Meu pau, duro, grosso, 20 cm, não queria outra coisa a não ser penetrar aquela buceta molhada e deliciosa. Passe a glande em seu clitores, entre os grandes lábios e penetrei. Abracei-a com força e meti fundo, tirando e enfiando lentamente. Beijei sua boca, sussurrei o quanto ela era deliciosa, ela gemia, e eu entrando e saindo, com mais força, mais rápido até que pedi à ela para olhar para o céu que estava extremamente estrelado. E, com a mistura do meu pau lhe fodendo com força e aquela visão universal, gozamos intensamente.

Ficamos abraçados um bom tempo, nos vestimos e fomos para sua pousada, aonde transamos a noite toda.

Nunca mais nos vimos, mas sempre me lembro com o maior tesão daquela noite estrelada.

Julio

    Contos relacionados

    Quero Fazer Xexo Gostoso Com Vc

    quero sexo gostoso com loiras ou morenas peutudas 

    Meu Gatinho Tarado

    Meu gatinho tarado Bem o que passo a contar, tem me deixado muito exitada, pois embora me considere bem dadinha e danadinha, faz tempo que não curtia algo tão bom. Tenho um metro e cinquenta e cinco, sou baixinha, uns 49 ou 50 kg, morena de cor e...

    A Carona

    Se puder dar um conselho às mulheres mais jovens seria "tenha sempre um coroa pra te comer de vez em quando". Minha história começa com uma carona conseguida nesses grupos criados em redes sociais. No horário marcado, chegou o carro, com vidros...

    Entrei No Sex Shop E Gozei Pra Vendedora

    Entrei no sex shop e gozei pra vendedora EU ENTREI EM UMA LOJA DE SEX SHOP PRA MATAR CURIOSIDADE MAS A VENDEDORA ERA SAFADA, E ME MOSTRO UNS BRNQUEDOS EXEMPLO , UMA VAGINA DE BORRACHA, ELA ME DEIXOU NA MÃO E FOI ATENDRR O TELEFONE EU COMO SOU MEIO...

    Surpresa Maravilhosa

    Surpresa maravilhosa Na festa de final de ano, uma das empregadas que trabalha em nosso setor apresentou-me uma amiga que estava com ela na festa e trabalhava em outro setor e estudava com ela enfermagem. Fiquei encantado com a beleza da garota, que...

    Massagem Programada

    Massagem Programada Massagem Programada Me chamo Caio e faz três anos que tenho um relacionamento estável com Lara. A curiosidade é uma característica de nossa vida de casal, gostamos de apimentar a relação com um filminho, uma...



    contos eróticos sadomasoquismocasa dos contos eriticossite de contos eroticoscontos incesto realencochadascontos ercasadocontoseroticoscontos eroticos de virgemcontos de trepadascontos eroticos incestoscontos eróticos vizinhacontos de sexo em familiacontos eróticos femininoscontos curtos eroticoscontos straponcontosonlineacervo de contocontos incesto mae e filhocontos eroticos enteadaconto de sacanagemcontoseróticoscontos eroticos casadacontos eróticos academiacontoseróticosincestocomendo minha dentistacontos eróticos de qualidadecintos eroticiscontos eroticontos eroticos gravidascontos de traiçõescontos de incestcontos de incestoscontos reais incestoconto amadorcontos eroticos femininoscontos eroticos praiacontos.pornosirma contos eroticoscontos eroticos enfermeiracontos eroticos padreshistorias de insestocontos eroticos 3contos eroticos da vida realcontos eroticos gravidacontos eroticos namoradasexo em familia contoscontos eroticos entre familiacontos eróticos encoxadacasadas no cio contos eroticoscomendo minha dentistaconto erótico para mulherescontos curtos eroticoscontos cornoscontopornocontos eróticos verdadeirocontos erot icosconto eroticos lesbicoscontos eróticos virgenscontos eróticos academiacontos eroticozcontosdesexoa casa dos contos eroticosconto pornocontos incestos reaiscontos.pornosconto erotico tiacontos eróticos feticheporno contocontoerotivocontos eróticos de surubadepoimentos eroticoscontos eroicoconto erotico alunaconto erotico no carroconto erotico de cornocontos eróticos lesbicoconto erótico lésbicaconto erotico cornocontos encoxadascontos eróticos realsadomasoquismo contoscontos eroticos orgiasconto erotico amigahistorias pornograficacontos eroticos siririca